5 Razões Principais para Comer uma Dieta de Alimentos Integrais

Você está atualmente vendo 5 Razões Principais para Comer uma Dieta de Alimentos Integrais

O termo “alimentos integrais” é usado muito atualmente. Embora a maioria de nós esteja ciente de que alimentos integrais são o caminho a percorrer no que diz respeito à saúde e ao bem-estar, a definição exata é um tanto obscurecida. Um alimento completo é qualquer produto alimentício que permanece em sua forma natural, livre de quaisquer aditivos artificiais, conservantes ou outros ingredientes feitos pelo homem. Os exemplos incluem frutas e vegetais orgânicos.

A dieta corrente da sociedade de hoje se afastou significativamente de uma abordagem de alimentos integrais. Muitos dos produtos alimentícios que consumimos estão muito longe de sua forma original, carregados de conservantes nocivos e adoçantes adicionados. Sem dúvida, existe uma correlação entre esse tipo de dieta e a prevalência de muitas condições crônicas de saúde, como obesidade e diabetes.

Neste artigo, discutiremos 5 razões pelas quais uma dieta centrada em alimentos integrais é uma maneira muito superior de abastecer seu corpo com os nutrientes de que ele precisa para funcionar de maneira ideal.

  1. Benefícios Nutricionais Completos

    Um dos prejuízos dos alimentos excessivamente processados é uma redução significativa no conteúdo nutricional total disponível em sua forma natural. Para prolongar a vida útil e melhorar o sabor, nutrientes valiosos são eliminados.

    Considerando que os alimentos integrais são consumidos em sua forma mais pura, eles fornecem ao seu corpo uma infinidade de vitaminas e minerais dos quais você ficaria privado se optasse por alternativas processadas.

    Por causa do estado inferior dos alimentos hoje, muitas pessoas dependem de suplementos vitamínicos e produtos farmacêuticos para preencher o vazio. Na realidade, esses nutrientes devem ser fornecidos apenas pela dieta. Alimentos integrais são uma ótima maneira de evitar essa dependência.

  2. Significativamente Menos Açúcar

    Como sociedade, temos uma dependência inerente do açúcar, muitos de nós sem perceber. Muitos produtos alimentícios hoje contêm uma grande quantidade de açúcar adicionado; isso é feito usando qualquer número de nomes excessivamente complicados frequentemente encontrados no rótulo. Só porque um produto pode não listar especificamente o açúcar na lista de ingredientes, é mais provável que ele esteja presente com um nome diferente.

    É do conhecimento geral que o açúcar é um elemento chave no desenvolvimento de inúmeras condições de saúde. Embora até os alimentos em sua forma natural ainda possam conter açúcar, a quantidade real é significativamente reduzida. Ao comparar um alimento integral com seu equivalente processado, é fácil identificar uma diferença de sabor. Os fabricantes de alimentos usam nosso vício em açúcar a seu favor, sabendo que quanto mais doce e satisfatório eles fizerem um produto, mais rápido ele sairá das prateleiras.

  3. Mais Fibra, Menos Alimento

    Outro aspecto negativo dos alimentos excessivamente processados é que eles experimentam uma redução acentuada no conteúdo de fibra. Visto que a fibra tem a capacidade de nos fazer sentir saciados mais rapidamente, a falta de fibra costuma ser responsável por comer demais. Além disso, consumir uma dieta adequada em fibras é essencial para a saúde digestiva.

    Ao aderir a alimentos integrais, o risco de comer demais e de consumir calorias em excesso é reduzido. Alimentos vazios e processados demoram mais para fazer o cérebro perceber que você já comeu o suficiente, o que pode levar à obesidade rapidamente.

  4. Reduz a Inflamação Sistêmica

    A inflamação é um tópico interessante. Nos momentos apropriados e por curtos períodos, a inflamação é uma resposta natural do corpo para curar tecidos danificados e se defender contra vários agentes infecciosos. No entanto, a inflamação crônica tem um efeito devastador na saúde geral. A inflamação crônica está ligada a um grande número de doenças, incluindo diabetes, obesidade e até câncer.

    Muitos dos aditivos artificiais presentes na comida de hoje são clinicamente comprovados por causar uma resposta inflamatória exagerada no corpo. Embora possamos não saber que esses aditivos não devem ser consumidos regularmente, o corpo inerentemente percebe o problema imediatamente e responde da única maneira que sabe, desencadeando o processo inflamatório.

    Comer alimentos integrais é uma forma eficaz de evitar o excesso de inflamação no corpo e poupá-lo de sentir a necessidade de se proteger constantemente.

  5. Pague ao Supermercado, Não ao Médico

    Uma reclamação comum e justificada de produtos alimentícios integrais é que quase sempre eles têm um preço mais alto em comparação com as opções processadas. É um tanto irônico que comprar algo em sua forma natural seja mais caro do que outros produtos que basicamente passaram por uma mutação genética antes de chegar ao supermercado.

    No entanto, olhar mais à frente do que a próxima conta da mercearia vale a pena. Visto que já discutimos os efeitos adversos do consumo regular de alimentos processados artificialmente, pense em gastar mais com alimentos integrais do que pagar agora em vez de depois.

    Embora você certamente possa economizar algum dinheiro comprando itens baratos no supermercado, você realmente acha que o preço reduzido no caixa compensa as enormes contas médicas que virão no futuro?

Aviso: Procure sempre o seu médico de confiança e faça uma consulta.

Deixe um comentário

18 + 8 =